Sua história pode ser um grande presente para outros dependentes de amor e sexo. Clique aqui e envie seu depoimento.
transparencia
Página Principal > Conheça D.A.S.A : Os 12 Passos
 

Os 12 Passos de D.A.S.A

 

Os Doze Passos foram originalmente formulados por Bill W., um co-fundador de Alcoólicos Anônimos, em 1938. Emanaram dos princípios então adotados pelos grupos Oxford (uma Irmandade religiosa que apadrinhou o A.A. inicial em Akron, Ohio), temperados pelas experiências práticas que eram de um denominador comum da recuperação do alcoolismo entre os membros de A.A. naquela época. Esses passos foram publicados primeiramente em Alcoólicos Anônimos (1939) e receberam tratamento mais detalhado em Os Doze Passos e as Doze Tradições (1953), ambos escritos por Bill W..

Ao apresentar a versão do DASA para os Doze Passos, desejamos fazer o que A.A. tinha em mente ao apresentá-los inicialmente no livro Alcoólicos Anônimos. Um número suficiente entre nós têm trabalhado esses Doze Passos, fazendo surgir uma experiência comum de recuperação da Dependência de Sexo e Amor. A Irmandade ainda é pequena, entretanto, parece haver um grande número de pessoas desesperadamente necessitadas da esperança que esse Programa oferece. Esperamos seriamente que as famílias e outras pessoas que sofrem com a destruição causada por um dependente ativo de sexo e amor, não se culpem mais depois de ler nossas experiências neste livro. Contudo, nossa preocupação básica é de que o dependente de amor e sexo que está sofrendo possa encontrar o caminho, através do Programa, que o liberte da autodestruição dessa doença e assente as bases da sua recuperação espiritual e emocional.

Essa apresentação não pretende ser um tratamento completo dos Doze Passos dentro da perspectiva do DASA, mas nos esforçamos por apresentá-los em detalhes suficientes que indiquem o caminho da recuperação da Dependência de Amor e Sexo que experimentamos. Se você está pensando ao ler este livro que o DASA pode ser uma Irmandade que o leve a considerá-la seriamente como a solução para seus próprios problemas, recomendamos que leia também os livros Alcoólicos Anônimos (especialmente capítulos 5-7) e Os Doze Passos e as Doze Tradições. Achamos esses livros, apesar de suas idéias e linguagem ocasionalmente um tanto datadas, surpreendentemente apropriados e úteis para nós ao aplicar os Doze Passos à Dependência de Sexo e Amor. Substituímos as palavras tais como "nossa dependência" ou "Dependência de Sexo e Amor" às referências diretas ao alcoolismo. Sua atualidade, depois de meio século, e sua aplicabilidade a uma dependência específica diferente, tal como a nossa, são atributos à sua visão psicológica e espiritual e à alta qualidade de sua redação.

Uma coisa é clara, os Doze Passos, tal como se apresentam originalmente em Alcoólicos Anônimos, fornecem uma abordagem abrangente e completa do problema de como tratar com a dependência, inclusive a de sexo e amor. Nossa gratidão aos esforços dos pioneiros de A.A. é muito grande, e não há palavras capazes de exprimir sua formidável realização.

Eis aqui os Doze Passos dos Dependentes de Amor e Sexo Anônimos:

  1. Admitimos que éramos impotentes perante a Dependência de Amor e Sexo - que tínhamos perdido o domínio sobre nossas vidas.

  2. Viemos a acreditar que um Poder Superior a nós mesmos poderia devolver-nos a sanidade.

  3. Decidimos entregar nossa vontade e nossa vida aos cuidados de Deus, na forma em que O concebíamos.

  4. Fizemos minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos.

  5. Admitimos perante Deus, perante nós mesmos e perante outro ser humano, a natureza exata de nossas falhas.

  6. Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos esses defeitos de caráter.

  7. Humildemente rogamos a Deus que nos livrasse de nossas imperfeições.

  8. Fizemos uma relação de todas as pessoas que tínhamos prejudicado e nos dispusemos a reparar os danos a elas causados.

  9. Fizemos reparações diretas dos danos causados a tais pessoas, sempre que possível, salvo quando fazê-lo significasse prejudicá-las ou a outrem.

  10. Continuamos a fazer o inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.

  11. Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que O concebíamos, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação à nós, e forças para realizar essa vontade.

  12. Tendo experimentado um despertar espiritual, graças a esses passos, procuramos transmitir esta mensagem aos dependentes de amor e sexo e praticar estes princípios em todas as áreas de nossas vidas.

 

O texto anterior foi extraído do Panfleto: "Os 12 Passos ®"

 

 
Página Principal > Conheça D.A.S.A : Os 12 Passos

 

DASA está presente
em vários estados.
Veja aqui a reunião
mais perto de você.
"Todos os Grupos de DASA deverão ser absolutamente auto-suficientes, rejeitando quaisquer contribuições externas." Clique aqui e saiba como contribuir para que a mensagem continue a ser levada.
 
SLAA en Español
Haga click aqui para conocer el sítio
 
 
Os países de língua portuguesa foram autorizados por The Augustine Fellowship, a utilizarem a sigla DASA - Dependentes de Amor e Sexo Anônimos
em lugar de S.L.A.A. - Sex And Love Addicts Anonymous, uma vez que mantenham o logotipo oficial de S.L.A.A.
© 1993 - 2011 - D.A.S.A.
Dependentes de Amor e Sexo Anônimos
slaa@slaa.org.br